segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Descobertas da Semana - #7

Segunda-feira é dia de quê? Lista de música! \o/ 
Continuamos a ouvir as músicas do Descobertas da Semana em modo aleatório, de modo que hoje temos mais 30 músicas comentadas. Eu achei que o Premium tinha se resolvido mas ainda não, bleh. Felizmente dessa vez eu não tive que ouvir 30 segundos de funk entre as músicas...

Descobertas da Semana – 26/02

Hush - Deep Purple
Devo dizer que eu sempre ouvi "I thought I hear her calling uma menina" nessa música. Provavelmente uma das primeiras que eu ouvi do Deep Purple, é bem legal.

God is a bullet - Concrete Blonde
Eu já devo ter ouvido algo do Concrete Blonde, só não vou lembrar agora. De qualquer forma, gostei do nome dessa música e ela é bem legal.

A view to a kill - Duran Duran
O primeiro "pam" me faz reconhecer essa música. Adoro. Eu não conheço muita coisa dessa banda, mas o que eu conheço, eu acho muito louco. Acho que o que mais me chamou a atenção nessa música foi o modo como ela vai evoluindo desde o começo até o refrão, daí depois volta tudo de novo. DANCE into the fire!

Blood and roses - The Smithereens
Não conhecia. Essa música é bem gostosinha de ouvir, tem um baixo audível e os riffs são bem legais. Interessante.

I still believe (The great design) - The Call
Parece interessante como interlúdio, não é grandiosa nem chama a atenção por algum motivo particular, mas também não é ruim. 

Birds fly (Whisper to a scream) - The Icycle Works
Quando começou me pareceu bastante New Order no começo. Mas a baguncinha mudou. Interessante, mas serve como interlúdio também, como a amiguinha de cima.

Opportunities (Let's make lots of money) - Pet Shop Boys
Essa eu não reconheci de cara, porque não é uma que eu ouça com frequência, mas a voz do Neil Tennant é inconfundível. Aliás, devo dizer que o timbre do Neil é uma das coisas mais loucas que eu já ouvi até hoje de tão diferente e perfeito que é. Anyway, Opportunities pode não ser a minha favorita do PSB (spoiler: minha favorita é Being boring, do Behaviour, de 1990), mas é boa.

Into the groove(y) - Ciccone Youth
Eu já ouvi uma música da Madonna com esse nome e o sobrenome dela é justamente Ciccone. Será que tem alguma coisa a ver? Well, é a mesma coisa e essa versão é bem mais pesada e dark do que a outra. Mas eu gostei, é bem interessante.

Ahead - Wire
Parece interessante. Tirando o monte de "I remember" que ele fala que pode ser meio bleh, dá pra ouvir num interlúdio. Essas guitarras me lembram o começo do New Order, de novo.

Midnight summer dream  The Stranglers
Ela começou um tanto quanto estranha, mas aí entrou um cara recitando a letra. Bem legal, cabe numa playlist de música pra ouvir de boa.

Give me back my man - B-52's
Eu conheço poucas músicas do B-52's, mas a voz da Kate Pierson também é inconfundível. As músicas do B-52's são sempre animadas, né?

Pink Cigarrette - Mr. Bungle
Como isso veio parar aqui? Não que eu não goste de umas músicas mansinhas tipo essa, mas isso foi tão inesperado que eu não sei de onde o algoritmo tirou isso. O final é bizarro.

Mental hopscotch - Missing Persons
Veio, passou e eu ouvi como trilha de fundo. Não é nada muito "que música foda", mas dá pra ouvir.

Godlike (12" mix edit) - KMFDM
Nunca ouvi essa banda, apesar de já ter ouvido dizer que a sigla significa Kill the Mother Fucker Depeche Mode. Provavelmente é só uma brincadeira. Quanto à música, gostei bastante, tem tudo o que eu gosto em industrial. 

Atomic bongos - Lydia Lunch
Go home, algorithm, you're drunk.

Doctor doctor - UFO
Eu tenho um amigo, o Alexandre, que é a única pessoa que eu conheço que conhece essa banda. Quer dizer, um porrilhão de gente deve conhecer - porque o som é bom pra carai - mas toda vez que eu ouço alguma música do UFO eu lembro só dele porque essa é uma das bandas favoritas dele. E essa música eu conheço, claro. Recomendo, aliás.

Jacket hangs - The Blue Aeroplanes
Não conheço a banda, nem a música, mas parece uma música de interlúdio. Não entendi muito bem a letra, mas pra passar o tempo ela serve.

You - Boytronic
Pode dar a mãozinha pra amiguinha de cima, eu nem sequer sei de onde saiu isso.

Paul ist tot - Fehlfarben
Parece uma versão chucrute de The Cure, até a voz é parecida. Pior que eu gostei; ser em alemão também ajuda bastante. Essas guitarrinhas do começo da década de 1980 são bem legais, por mais que o negócio fique meio louco lá pelo meio da música. Curti mesmo.

Spiritual cramp - Christian Death
Que nome interessante, né? Essa música segue o mesmo padrão de outras músicas do Christian Death - se bem que eu ainda prefiro Romeo's distress - e dessa vez eu vou só deixar como trilha de fundo. 

Cat people (Putting out fire) - David Bowie
Meus amigos, não vai ser eu que vai falar um A sobre essa música que não seja um "puta merda por que é que você faz isso com a gente?". Vocês já ouviram essa música? Já ouviram o vozeirão desse homem nessa música? Façam um favor a si mesmos e vão lá. Eu até deixo o link pra facilitar: aqui, ó

That smiling face - Camouflage
Uma música cheia de synths legais, tranquila, um vocal bem sossegado também, curti. Eu não lembro se já ouvi Camouflage alguma vez na vida, mas isso parece ser algo que eu deveria ouvir mais vezes.

That's when I reach for my revolver - Moby
Eu já ouvi falar de Moby? Provavelmente. Mas não lembro de ter ouvido alguma coisa. Eu juro que eu pensava que era algo mais eletrônico e não tão cheio de guitarra. Anyway, essa também serviria como interlúdio de playlist.

How soon is now? - The Smiths
Essa música foi tão mas tão mas tão importante pra mim quando eu tinha 15-16 anos que eu até esqueci por que eu parei pra ouvi-la pela primeira vez - eu lembrei depois de um tempo, mas deixa pra lá. O Morrissey pode ser uma pessoa totalmente idiota, mas fazendo música o cara é um gênio. Não é à toa que até os malditos hipsters gostam de Smiths.

Beers, steers and queers - Revolting Cocks
Eu não tou entendendo nada. Sério. Pra que serve essa música? A batida até que é boa, não fosse todo o resto. Eca.

Marquee moon - Television
Nunca ouvi, também. Mas não é ruim como a anterior. Ela tá mais pra música de interlúdio também, porque ela é bem sossegada, e tem umas variações que são bem interessantes. No final tem um instrumentalzinho legal. No segundo final (essa música tem DEZ MINUTOS!, quando parece que acabou ainda tem música...) tem o vocal e mais um pouquinho de riff. Interlúdio ftw.

What do you want from me? - Monaco
Basta começar o baixo delicioso do Peter Hook nessa música - que eu reconheço na segunda nota - pra eu começar a pular e gritar - mentalmente, é claro - WHAT DO YOU WANT FROM ME? IT'S NOT HOW WE USED TO BE!. Sem contar que o vocal no refrão - o Potts cantando e o Hook fazendo backing vocal - é maravilhoso. E o baixo, lógico, esse baixo fudido de bom. Anyway, eu tenho história com essa música, ela já foi traduzida aqui e eu já falei do Peter Hook aqui. Enjoy.

The power of lard - Lard
O que ser lard? Pelo que eu vi aqui nessa banda tem o Jello Biafra do Dead Kennedys (bem que eu reconheci esse vocal...). Procurando no Google, lard significa... banha. De qualquer forma, gordurosa ou não, a música é legal, boa pra ouvir pra entrar no metrô de manhã. 

Birth, school, work, death - The Godfathers
Pra uma banda com um nome desses, o nome é bem interessante, quase uma lição. Gostei do jeitão dela, baixo, guitarra, bateria e vocal bem equilibradinhos. Bem boa.

Anarchy in the UK - Sex Pistols
Conheço, claro, eu não teria sido uma adolescente revoltada no início dos anos 2000 se não conhecesse pelo menos essa do Sex Pistols. Não sei se eu tenho muito mais pra falar dela, vejamos... ah, eu lembro bastante do Sid Vicious quando ouço essa música.

Marcadores: , ,

1 Comentários:

Às 26 de fevereiro de 2018 21:33 , Blogger Alan Flamer disse...

Pois eu ouvi "I thought I hear her calling uma mina", e ninguém vai me fazer pensar o contrário.

Na segunda eu comecei pensando estar ouvindo a Cássia Eller, mas em poucos segundos eu fui convencido do contrário. Gostei muito da voz da moça.

Eu acho que na terceira você não mencionou que era uma música de 007 porque pra você devia ser óbvio rsss. Afinal vc reconheceu logo de cara, mas eu fiquei surpreso ao começar a ouvir e perceber que aquela imagem do James Bond na thumb do youtube não é enfente. xD

Blood and roses tem um baixo tão audível que na minha percepção ele é lead nessa música.

I still believe (The great design) parece mesmo uma abertura de filme dos anos 80, com aquelas paisagens de Nova Yorque passando enquanto aparecem os nomes dos atores e tal.

Birds Fly, no clipe que aparece no youtube o cantor parece um brat de 16 anos o_o

Opportunities tem uns momentos no clipe que são mó Vale da Estranheza. o__O

Into the groove(y) no Youtube tá dizendo no título que esse é um cover da Madonna. Um cara nos comentários falou que o nome da banda é Sonic Youth, que mudaram de acordo com o sobrenome da Madonna. o_o Eu sinceramente não gostei dessa baguncinha na voz rsssss

Ahead... É... num sei hahahahha

Midnight summer dream, errm.... tb num gosto muito de cara recitando a letra hahahaha

Give me back my man, o vídeo tb é animado, com direito a bandinha no palco fazendo aquelas dancinhas dos anos 80 em que vc mexe o corpo inteiro sem descolar a sola dos pés do chão. Rssss Acho que vc vai entender, tudo mexe do joelho pra cima. xD Eu curtiu.

Pink Cigarrette, vai por mim, procura o clipe, é tão bizarro quanto o algorítmo hahahaha.

Mental hopscotch, o clipe tb é mais ou menos, tentando ser tripy mas sem ser o bastante pra se destacar.

Godlike (12" mix edit), eu não sei se é oficial ou se é montagem de fãs, mas o primeiro clipe que achei dessa música é uma mega montagens de cenas militares nazistas. Digamos que o clipe inteiro seria bloqueado na Alemanha. E eu num gostiu não u_u

Atomic bongos, acho que o Algorítmo escolheu essa pela aparência da moça. Parece bem punk/gótica.

Doctor Doctor. Caraio, até eu conhecia essa. xD É muito boa. ^_^

Jacket hangs, errm... num sei hahahah

You - Boytronic, o clipe dessa aqui parece um trabalho de faculdade de artes. oO

Paul ist tot, erm... Ich weiß es nicht.

Spiritual cramp me parece o tipo de música que tocaria num baile de filme adolescente americano. Don't know why hahahhahaha

Cat people (Putting out fire), eu tava achando ok até que "EITA CARAIO" ahahahhahahah. E eu fiquei pensando em Black Panther. É de fato um puta vozerão que o Bowie tinha. o___o

That smiling face, essa CERTAMENTE serve como abertura de filme de romance adolescente dos anos 80/90.

That's when I reach for my revolver, achei meio whatever u__u

How soon is now?, eu acho que é a única música desse cara que eu reconheceria, mas também não saberia dizer que é dele se vc me perguntasse. Rsssss Aaaacho que meus rolês de "gotikinho" correndo atrás de "gotikinhas" foi bem curto. (E eu acho que essa música não tem nada de gótica, mas eu aposto que eu a conheci por meio de rolê gótico)

Beers, steers and queers, ok, literalmente eu não quis passar da brincadeira de MC do começo.

Marquee moon, DEZ MINUTOS?! Nope. rsssss

What do you want from me?, aaacho que vc já ouviu ela e cantou várias vezes pra mim. ^__^

The power of lard, se eu olhar muito pra imagem da Thumb com essa música me dá ataque tripofóbico.

Birth, school, work, death, errm... num sei rssss. Parece uma boa crítica, mas meio meh pra mim. Ocupado me coçando com a imagem da música de cima rsssss

Anarchy in the UK, oh well, é lógico que vc se lembraria do Sid Vicious hahahahah

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial